sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Manaus lança oficialmente sua candidatura de sede dos jogos de futebol das Olimpíadas Rio 2016


O governador do Amazonas, José Melo, e o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, lançaram, nesta sexta-feira, 23 de janeiro, a candidatura oficial de Manaus como uma das sedes para as partidas de futebol dos Jogos Olímpicos de 2016 do Rio de Janeiro. Segundo o Comitê Organizador Local das Olimpíadas, cinco capitais devem receber os jogos de futebol, além do Rio de Janeiro. Manaus está na disputa, com chances reais, concorrendo com outras sete cidades.
Nesta sexta, o governador e o prefeito receberam o diretor executivo do Comitê Organizador dos Jogos, general Marco Aurélio Vieira, e comitiva de representantes da entidade e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para a formalização das negociações. A CBF declarou apoio à candidatura de Manaus. O encontro ocorreu na sede do Governo do Estado, no bairro Compensa 2, zona oeste da cidade. Após a abertura, com coletiva para a imprensa, a reunião de trabalho foi reservada. O vice-governador Henrique Oliveira também participou do ato.
Manaus está preparada e as condições são favoráveis, afirmou o governador José Melo. Depois de São Paulo, Brasília, Belo Horizonte e Salvador, que manifestaram intenção de receber as partidas de futebol ainda na época da candidatura do Rio, Manaus está em situação mais avançada. Fora desse grupo, a capital é a primeira a receber a visita oficial do Comitê Organizador Local das Olimpíadas, iniciando os trâmites para a seleção. Outras três capitais apenas sinalizaram interesse, mas sem oficializar candidatura.





De acordo com o governador, a boa avaliação concedida pela Fifa durante os jogos da Copa do Mundo, quando Manaus recebeu quatro partidas da primeira fase, é um diferencial importante. Segurança, mobilidade e o voluntariado foram destaques. A revista eletrônica da entidade deu capa e 12 páginas de matéria elogiando a sede Manaus, lamentando que apenas quatro jogos tiveram a cidade como destino.

“Todos sabem que a própria Fifa reconheceu que Manaus foi uma ótima cidade-sede. Referência no voluntariado, mobilidade urbana, além de termos uma das mais belas e funcionais arenas do Brasil. A cidade de Manaus se preparou e continua preparada. O Amazonas está no páreo e com muitas possibilidades, levando em consideração as outras cidades-sede”, ressaltou.

Critérios – A seleção do Comitê Organizador das Olimpíadas leva em conta três critérios. Além do estádio, são avaliadas as condições logísticas e financeiras. O diretor executivo do Comitê Organizador dos Jogos, general Marco Aurélio Vieira, confirmou que Manaus está no páreo, com certa preferência por ter apresentado espontaneamente candidatura e atender aos requisitos técnicos da Fifa por ter sido uma das 12 cidades-sede do Mundial. A partir de agora, a entidade será informada que Manaus está na disputa.

“Estamos no processo de seleção visitando a cidade. As cidades que se manifestaram na candidatura têm preferência e o Estado é adiantado, tem possibilidade sim. Manaus é a primeira visita. Agora vamos conversar com o governo para verificar se os critérios logístico e financeiro serão atendidos”, disse Vieira.

Amazônia – Para o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, a candidatura ganha força amparada no prestígio e curiosidade sobre a Amazônia. Ele disse que o selo olímpico dará novo status perante investidores e turistas. “É outro patamar. Manaus se oferece por entender que há uma lacuna. A Amazônia na Olimpíada. Nossa cidade tem uma vocação para ser mundial”, pontuou.

O prazo para anúncio da decisão não foi divulgado. “Tem toda a infraestrutura para receber. A CBF está pronta a apoiar a iniciativa, que é de todos nós brasileiros e amazonenses”, endossou José Veloso, representante da presidência da CBF.

Após a reunião, a comitiva de trabalho almoçou com o prefeito, o governador e o vice-governador,  ainda na sede do Governo do Estado. O grupo conta com a presença do presidente da Confederação Sul-Americana de Atletismo, Roberto Gesta. À tarde, o grupo segue para conhecer as instalações da Arena da Amazônia.

0 comentários:

Postar um comentário