quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Servidores da municipais de Tabatinga entram em greve


Servidores da prefeitura de Tabatinga entram em greve
Cerca de 200 funcionários municipais de Tabatinga entraram em greve por tempo indeterminado. Eles se reuniram na manhã da última segunda-feira (12) para protestar contra o atraso no pagamento dos salários e o não cumprimento do Plano de Cargos e Salários da categoria. A concentração foi no antigo posto de gasolina, situado ao lado da rua Santos Dumont. Após formada a passeata todos saíram pela avenida da Amizade fazendo suas reivindicações em frente a prefeitura.
 

Robson Ramires Pinto, presidente do Sindicato de Servidores Públicos de Tabatinga, explicou que, apesar do Plano de Cargos e Salários ser lei municipal desde de abril de 2014, mas o prefeito se recusa a cumpir o enquadramento dos trabalhadores. Outro problema são os salários atrasados, “até hoje tem funcionários que ainda não receberam o salários de dezembro”, disse Robson Ramires.

O dirigente sindical também denuncia que a prefeitura está descontando a previdência complementar dos salários dos funcionários , mas não está repassando o dinheiro para o Instituto de Previdência de Tabatiga (Ipretab).

Ainda de acordo com Robson Ramires, a greve só foi deflagrada após várias tentativas de negociação com o prefeito da cidade.

A coordenadora interina de Assistência Social da Secretaria de Saúde, Sidinei Gardina Frenha, afirma que o pagamento dos  salários está vinculado ao repasse ao município dos recursos do Fundo Nacional de Saúde (FNS), que ainda não entraram na cnta da prefeitura.

Repórter Solimões

0 comentários:

Postar um comentário