terça-feira, 30 de junho de 2015

Defesa Civil do Estado envia ajuda humanitária para o Baixo e Médio Amazonas, as últimas calhas afetadas pelo ciclo da enchente



A Defesa Civil do Estado enviou 20 toneladas de alimentos, além de kits medicamentos e hipoclorito de sódio, para Maués, no Baixo Amazonas, e Autazes, na calha do Médio Amazonas, que seguem em Situação de Emergência com mais de 20 mil afetados por conta da enchente. 
“Por se tratar do terceiro e último ciclo da cheia no Estado, os municípios das calhas do Baixo e Médio Amazonas estão sendo os últimos a receber ajuda humanitária”, afirmou o secretário adjunto da Defesa Civil do Estado, Hermógenes Rabelo.
Para Maués, que teve o pedido de Emergência homologado pela Defesa Civil do Estado no dia 18 de junho, foram destinadas dez toneladas de socorro, e a cidade ainda deverá receber novas etapas de ajuda.
“A população da área rural é a mais afetada pela cheia, e esse apoio do Governo é fundamental para essas famílias”, destacou o representante de Maués em Manaus, Aldemir Bentes.

Autazes também recebeu do órgão dez toneladas de ajuda. Essa é a primeira etapa de atendimento ao município que decretou Emergência no início de junho e que já soma mais de sete mil prejudicados com a subida das águas na região.

“As famílias perderam toda a produção de banana e mandioca, estão isoladas e sem renda, por isso a importância dessa ajuda nesse período de enchente ”, afirmou o Coordenador da Defesa Civil de Autazes, Waldemir Lima.

Atendidos com ajuda humanitária - A Defesa Civil do Estado já enviou para Urucurituba no Médio Amazonas, dez toneladas de alimentos, além de medicamentos e hipoclorito de sódio para purificar a água. 

Beruri na calha do Purus, receberá nos próximos dias a segunda remessa de socorro, seis toneladas de alimentos. A cidade já havia recebido do órgão dez toneladas de alimentos, além de kits dormitórios (colchões e redes), kit’s medicamentos e hipoclorito de sódio.


Balanço Geral da Enchente 2015

Estado de Calamidade Pública
1.    Boca do Acre-Purus
2.    Anamã- Baixo Solimões

Situação de Emergência

1 Itamarati-Juruá
2 Guajará-Juruá
3 Ipixuna-Juruá
4 Eirunepé- Juruá
5 Envira- Juruá
6 Juruá-Juruá
7 Canutama-Purus
8 Tapauá-Purus
9 Carauari-Purus
10 Pauiní-Purus
11 Lábrea-Purus
12 Beruri- Purus
13 Atalaia do Norte- Alto Solimões
14 Benjamin Constant-Alto Solimões
15-Tabatinga- Alto Solimões
16 Amaturá – Alto Solimões
17 Santo Antônio do Iça- Alto Solimões
18 São Paulo de Olivença- Alto Solimões
19  Tonantins - Alto Solimões
20 Tefé - Médio Solimões
21 Coari- Médio Solimões
22 Fonte Boa- Médio Solimões
23 Maraã- Japurá
24 Anori-Baixo Solimões
25 Jutaí- Alto Solimões
26 Manacapuru- Baixo Solimões
27 Uarini- Médio Solimões
28 Careiro da várzea- Baixo Solimões
29 Codajás-Baixo Solimões
30 Caapiranga-Baixo Solimões
31 Borba-Madeira
32 Itacoatiara- Médio Amazonas
33 Urucará-Baixo Amazonas
34 Boa Vista do Ramos-Baixo Amazonas
35 Iranduba-Baixo Solimões
36 Manaus-Negro
37 Parintins –Baixo Amazonas
38 Alvarães- Médio Solimões
39 Urucurituba Médio Amazonas
40 Manaquiri-Baixo Solimões
41 Barreirinha-Baixo Amazonaas
42 Silves-Médio Amazonas
43-Autazes- Médio Amazonas
44-Japurá-Japurá
45-Careiro-Baixo Solimões
46- Maués-Baixo Amazonas


Situação de Alerta
1-Nova Olinda do Norte-Madeira
2-Itapiranga- Médio Amazonas
3-São Sebastião do Uatumã- Baixo Amazonas
4- Nhamundá- Baixo Amazonas

Pessoas Afetadas- 460.191
Famílias- 92.024

Total de Ajuda Humanitária do Governo-
843 toneladas de alimentos não perecíveis, além de kit´s dormitório (colchões, redes, mosquiteiros) kit´s de higiene pessoas, medicamentos, filtros de água, hipoclorito de sódio.

Madeira enviada para o interior
150 metros cúbicos de madeira doada + 850 kit’s (tábuas, caibros e ripões) adquiridas pelo órgão, foram enviados para os municípios Careiro da Várzea, Anamã, Anori, Manacapuru, Iranduba we Itacoatiara.

Repasse Financeiro do Governo Estadual
Boca do Acre-R$550,000
Envira- R$200,000
Itamarati- R$200,000
Eirunepé- R$300,000
Benjamin Constant- R$300,000
Carauari- R$200,000
Maraã- R$200,000
Careiro da Várzea- R$300,000
Manacapuru- R$300,000
Juruá- R$200,000
Itacoatiara- R$500,000
Jutaí- R$200,000

Campanha Governo Solidário- 44 toneladas doadas.
Instituições doadoras: SEAS, Fundo de Promoção Social, Universidade da Terceira Idade, Café do Norte, Susam, Grupo Infantil Vida e Arte (projeto GIVA) em parceria com a Escola Municipal João Alfredo, localizado no Bairro da Paz, Centro Educacional Século, Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, Uninorte, Adepol, Eletrobras Amazonas Energia, Samsung e populares.

0 comentários:

Postar um comentário