sexta-feira, 24 de junho de 2016

Rio Solimões: tropa do 8º BIS reforça a fiscalização em base da PM


A Base móvel Anzol, no rio Solimões, no Amazonas, recebe reforço do Exército, após fim da Operação Ágata 11.
  A unid
ade é responsável por coibir a entrada de entorpecentes e mercadorias contrabandeadas no Amazonas, pelo rio Solimões.
  Esse trabalho vem sendo feito pelas polícias Militar, Civil e Federal e agora conta também com o reforço do Exército, como explica o comandante do 8º Batalhão de Infantaria e Selva (BIS), coronel Nagý: "mantemos uma tropa agora do batalhão, trabalhando interagências, junto as polícias Militar, Civil e Federal, no trabalho que vai prosseguir até o final do ano."

 O trabalho dos militares será cinco quilômetros à frente da Base Anzol, onde fica uma outra embarcação, que funciona como apoio. Eles vão ficar nesse barco interceptando quem conseguir driblar a fiscalização no primeiro posto.
  De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas, em 2015 as ações integradas entre as polícias e as forças federais resultaram na apreensão de uma tonelada de drogas.
  As fiscalizações em embarcações, que navegam pelo rio Solimões, são feitas diariamente.

0 comentários:

Postar um comentário