quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Estudantes de Parintins, medalhistas de ouro e prata, são homenageados pela SEDUC



O município de Parintins (distante 369 quilômetros de Manaus) está em festa! A secretária do Interior, Ana Maria, acompanhada do Supervisor da Calha 06, professor Júlio César Queiroz; da Coordenadora Regional de Educação, Ana Ester; da Coordenadora de Transporte, Patrícia Borges; a Supervisora da Calha 9, Carol Prestes e da Supervisora da Calha 5, Conceição Regina foram até a terra do Boi Bumbá para a entrega de medalhas e troféus aos alunos de destaques na Olimpíada Amazonense de Matemática e Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa. O evento foi realizado na noite destra terça-feira (27).

Sete alunos, medalhistas de ouro e prata, das Escolas Estaduais: Nossa Senhora do Carmo, Gentil Belém, Colégio Batista e Ceti Deputado Gláucio Gonçalves foram agraciados com a honraria oferecida pela Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC), dentre elas, a aluna da Escola Estadual Gentil Belém, Yanca Fragata dos Santos, medalhista de ouro na 5ª edição da Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa - Escrevendo o Futuro, na categoria Crônica com o título "O amanhecer (num dia inqualquer)"
Premiação Nacional
A cerimônia de premiação da Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro ocorreu no último dia 13 de dezembro, em São Paulo. Participaram da competição nacional 4.873 municípios; mais de 80 mil professores inscritos e cerca de 5 milhões de alunos participantes, que produziram textos em todo o país, com o tema “O lugar onde vivo”, escritos em quatro gêneros textuais: Poema, Memórias Literárias, Crônica e Artigo de Opinião. Destes, a estudante Yanca Fragata dos Santos, da escola estadual Gentil Belém, no município de Parintins, conquistou a medalha de ouro na categoria Crônica, com o texto “O amanhecer (num dia inqualquer)”.
Olimpíada de Matemática
A Olimpíada foi dividida em três níveis, de acordo com a série na qual o aluno está matriculado e organizada em quatro fases distintas. A primeira fase correspondeu a uma avaliação objetiva (com questões de múltipla escolha). A segunda fase, com a participação somente dos estudantes aprovados na primeira avaliação também foi organizada a partir de uma prova objetiva.A terceira e última etapa, com a participação dos alunos aprovados na segunda etapa, foi marcada por uma avaliação discursiva.
O primeiro nível da competição foi destinado aos estudantes matriculados no 4º e 5º anos do ensino fundamental. O segundo nível contemplou os alunos de 6º e 7º anos. No terceiro nível da Olimpíada, as provas foram aplicadas com alunos matriculados no 8º e 9º anos também do ensino fundamental. O quarto e último nível da competição foi direcionado aos estudantes do 1º e 2º anos do Ensino Médio.

0 comentários:

Postar um comentário