domingo, 18 de dezembro de 2016

JAMBO VERDE - Comunidade de São Rafael colhe os louros do Manejo



Famílias da Comunidade de São Rafael, as margens do Rio Itacoai, no município de Atalaia do Norte. Já podem comemorar o resultado do projeto de Manejo de lagos da Comunidade. No inicio do mês de Novembro, ocorreu nos lagos de manejo sustentável da comunidade, a primeira despesca, que retirou aproximadamente doze  toneladas de pacus e tucunarés.
O projeto de Manejo sustentável de São Rafael é uma iniciativa da Prefeitura de Atalaia do Norte, que envolve todas as secretarias, para que pudesse desenvolver melhor o projeto. Além de parceiros que também abraçaram a causa, entre eles: IFAM, UFAM, UEA, IDAM, CTI, POLICIA MILITAR, INCRA e a Associação dos Comunitários de São Rafael.



Nos últimos três anos, a prefeitura de Atalaia do Norte, realizou investimentos importantes. Na educação, saúde, além da realização de cursos profissionalizantes para as famílias da comunidade. Realizou melhorias na comunidade, construiu casas de  apoio para vigilância, criando equipe de vigilantes dos lagos preservados. Outro investimento foi a reforma da casa de farinha comunitária, onde os comunitários  passaram a fabricar a farinha ova de São Rafael.

Para o prefeito Nonato Tenazor, estes investimentos valeram a pena, pelo simples fato de dar condições financeiras às famílias da comunidade. “ Sem investimentos que envolve parte da estrutura da prefeitura, além dos parceiros, não seria possível a realização deste empreendimento. Por seu custo, por questões logísticas, ou ate politicas. Mas não enxergamos  as dificuldades como obstáculos. Enxergamos aquela gente sofrida, sedenta por oportunidades. Fico feliz ao colhermos os resultados, melhorando a vida do povo de  São Rafael”, salientou o gestor de Atalaia do Norte.
Acompanharam as atividades  de despesca, o secretario de Meio ambiente, Marquinhos Filho e Jonas Freire, Coordenador municipal do interior, onde supervisionaram todo o trabalho de despesca nos lagos. Marquinhos Filho, disse ao blog, que o resultado foi magnifico. “Para uma população, que tinha que comprar enlatado para alimentação, hoje é se orgulhar de negociar diretamente com o consumidor, sem a figura do atravessador. Isto, é o resultado de um trabalho de primeira grandeza”, disse o secretario.
Graça ao manejo sustentável de São Rafael, Atalaia do Norte e região podem consumir pescados de qualidade. Renovando as espécies e garantindo o equilíbrio no meio ambiente. Segundo a Associação dos Comunitários de São Rafael, breve será realizada a primeira despesca do pirarucu manejado. A despesca  nos lagos manejados rendeu uma boa soma para as famílias da Comunidade. Rendendo uma alta soma de R$: 33.067,50, que foi divido em partes iguais.

0 comentários:

Postar um comentário