quinta-feira, 2 de março de 2017

JAMBO VERDE - Falta de dinheiro nos terminais do Bradesco gera transtorno a cliente na Fronteira



Milhares de clientes do Bradesco na tríplice fronteira estão indignados com a falta de respeito e compromisso do Banco com seus clientes. Atalaia do Norte, Benjamin Constant e Tabatinga, nas ultimas duas semana sofrem com problemas técnicos nos caixas eletrônicos. São problemas velhos conhecidos da população. A falta constante de dinheiro nos terminais é uma delas. Em outros casos, os terminais eletrônicos nem funcionam por falta de manutenção.
Em Atalaia do Norte, clientes estão no prejuízo, desde a tarde de sábado, quando não puderam realizar saques para quitar seus débitos no comercio local, ou fazer uma simples compra na feira. Além de deixa a economia do município paralisada, pela falta de dinheiro na mão da população.


Clientes preocupados quitaram débitos, fazendo transferências diretas em contas. Ou enfrentar as longas filas em postos, com limite para saques e depósitos. Quem foi ao terminal, teve que enfrentar também a desorganização e a falta de avisos de orientação ao cliente. Mulheres gravidas, mulheres com filho de colo, deficientes físicos e idosos, não tiveram seus direitos respeitados. O posto avançado não dispõe de orientadores. A nova modalidade em Atalaia do Norte, é o agenciamento de cartões, ou seja, a pessoa é contratada por clientes para realizar saques, livrando-os das filas e apertos. O problema, é que o agenciador, vai para a fila com muitos cartões, chegando a faturar 20 reais por saque.
O Banco Bradesco é responsável pelo pagamento dos servidores da Prefeitura, Sesai e governo do estado. Para tentar um saque, muitos atalaienses foram a Benjamin Constant. Na cidade vizinha,  encontraram os mesmos problemas nos caixas eletrônicos. Depois de muito esperar, na tarde desta terça-feira(1º), um terminal foi abastecido com dinheiro.

0 comentários:

Postar um comentário