sábado, 8 de julho de 2017

ALTO SOLIMÕES - Marinha habilita indígenas Tikunas para navegação em Amaturá





Amaturá (AM)  ̶ A Marinha do Brasil através da Capitania dos Portos em Tabatinga habilitou na manhã desta quinta-feira (06/07), 102 índios da etnia Tikuna, moradores na Comunidade de Nova Itália, município de Amaturá, região do Alto Solimões, a 909 quilômetros de Manaus.
Os habilitados foram submetidos a um curso em maio ministrado pela Capitania dos Portos de Tabatinga atendendo solicitação do prefeito Joaquim Corado ao Capitão dos Portos, capitão-de-fragata Marcos Rogério Geraldo.
Os 102 indígenas receberam a carteira de arrais amador que os possibilita a pilotar pequenas embarcações. Desde total 17 foram mulheres. Além da capacitação, a Capitania dos Portos entregou certificado de legalização de 32 embarcações que passaram por vistoria.

A solenidade de entrega das carteiras foi realizada na Comunidade Indígena de Nova Itália. Participaram do evento o prefeito Joaquim Corado, vice-prefeito Arnaldo Alexandre, o “Cacique Arnaldo”, o cacique da comunidade Adalberto Pereira, o vereador Evilário Rubens, o capitão-tenente Fabio Luiz Cavalcanti da Silva, suboficial Sandro Antunes Ferreira, o segundo-sargento Alexandro Ricardo Braum, bem como secretários municipais.
Falando aos indígenas, Joaquim Corado destacou a importância da legalização dos condutores de embarcações.
“É mais uma ação da Prefeitura em parceria com a Marinha do Brasil. São mais de cem carteiras de arrais amador e certificado de embarcações. Com isso estamos trazendo dignidade ao povo Tikuna, a oportunidade futura de emprego a essas pessoas habilitadas”, afirmou.
Para o capitão-tenente Fábio Luiz Cavalcanti, a entrega das carteiras e dos certificados “é muito mais que uma cidadania”. “Agradecemos a parceria com a Prefeitura de Amaturá. Se não fosse essa parceria isso não seria possível”, ressaltou o oficial diante do apoio da Prefeitura Municipal.
O cacique Adalberto Pereira destacou a alegria dos indígenas em obterem o documento habilitando-os a navegarem pelos rios da região.
Esta é a segunda entrega de habilitação feita pela Capitania dos Portos. A primeira ocorreu em maio na sede de Amaturá, quando mais de 30 inscritos, a maioria servidores públicos frequentaram o curso na sede do município.

0 comentários:

Postar um comentário