sexta-feira, 14 de julho de 2017

Amazonino dispara contra adversários e afirma ter a experiência para governar




Em visita à redação do jornal A Crítica nesta quinta-feira (13), o candidato ao governo do Estado pelo PDT, Amazonino Mendes, afirmou que não desmerece os outros candidatos, mas que a experiência que ele adquiriu nos três mandatos de governador lhe capacitam para ajudar o estado neste cenário de crise. O político disparou contra adversários que concorrem nesta eleição já pensando no próximo pleito.

“A minha candidatura só tem uma razão de ser. Eu sou uma pessoa que estava aposentada, mas vi com clareza que o estado estava precisando de socorro técnico, Socorro de gestão. Sem querer desmerecer os outros candidatos, sei que sou capaz. O povo me deu três mandatos de governador, três de prefeito e conseguir armazenar conhecimento”, avaliou.
No encontro com a presidente da Rede Calderaro de Comunicação (RCC), Cristina Calderaro Corrêa, e com o vice-presidente da RCC, Umberto Tomaz Calderaro, o candidato contou que pretende visitar, neste período de campanha, o máximo de municípios que o tempo permita.
“Vou visitar o máximo que eu puder. Vou visitar pelo menos os maiores. Não se pode disputar uma campanha já pensando numa próxima. Seria algo criminoso. Esse quadro nebuloso só permite que tenhamos em mente um comportamento puro e simples da administração. Quem se elege pensando em outra eleição vai fazer política, é um desastre. Tem que focar na salvação do estado e estar disposto a tomar medidas antipáticas. Os candidatos politiqueiros já ficam pensando em divisão de cargos. Não dá”, concluiu Amazonino.
O pré-candidato Amazonino Mendes reúne em sua coligação “Movimento pela Reconstrução do Amazonas” o PSD, do senador Omar Aziz, o PSDB, de Artur Neto, o DEM, de Pauderney Avelino, o PRB, do deputado Silas Câmara, o PSC e o PV.

Fonte: Acritica.com.br

0 comentários:

Postar um comentário