sábado, 8 de julho de 2017

Contos Jambo Verde - O Mural



O ano era 1994, e certa vez, numa sessão plenária da Câmara de vereadores de Atalaia do Norte, o qual o dirigente era o Presidente Atanagildo Nunes.
Aberta a sessão, o vereador José Apolinário, pediu a palavra:

- Seu Presidente, em caráter de urgência, precisamos fazer um “Mural”, para que a Câmara municipal exponha os avisos, prestações de contas e documentos desta Casa. O povo precisa ser informado de nossas despesas!

Sem pestanejar, o Presidente da mesa emendou:

- Caro Vereador José Apolinário! O que eu quero lhe informar, nesse momento, é que não vai dar para Câmara fazer o Mural!

Em forma de protesto, perguntou o nobre vereador José Apolinário:

- Por que senhor presidente?

O presidente da Augusta Casa, disse em bom e alto som:

-Meu caro colega, a olaria está quebrada!
Essa história é puramente verdadeira. Está escrita nos anais da Casa Legislativa de Atalaia do Norte.

P.S: Para não citarmos os nomes verdadeiros, usamos nomes fictícios.

0 comentários:

Postar um comentário