sexta-feira, 1 de junho de 2018

Polícia Civil prende seis pessoas durante operação ‘Peregrino’, em Tabatinga



A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) deflagrou nesta quinta-feira (31/05) a operação “Peregrino”, no município de Tabatinga, distante 1.107 quilômetros em linha reta de Manaus, que resultou nas prisões de seis pessoas, sendo três em cumprimento de mandados de prisão por crimes distintos e três em flagrante por envolvimento com o tráfico de drogas.
Outras nove pessoas foram detidas para prestar esclarecimentos. Durante a ação foram apreendidas drogas, dinheiro em espécie, telefones celulares e cinco motocicletas para averiguação com possíveis restrições de roubo.

O vice-governador do Estado, Bosco Saraiva, o secretário de Segurança Pública do Amazonas, coronel da Polícia Militar do Amazonas Anézio Paiva, o delegado-geral e o delegado-geral adjunto da Polícia Civil, Mariolino Brito e Antonio Chicre Neto, respectivamente, o subcomandante-geral da Polícia Militar, coronel Raimundo Cavalcante, e a delegada Mary Anne Trovão, titular da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Tabatinga, acompanharam os trabalhos realizados no município.

Coordenada pelo delegado-geral adjunto da instituição, Antonio Chicre Neto, a operação iniciou por volta 7h, e teve como objetivo o combate ao tráfico de drogas doméstico, por meio do cumprimento de mandados de prisão preventivas e de busca e apreensão. “Hoje deflagramos mais uma fase da operação Peregrino, desta vez na cidade de Tabatinga. A ação foi exitosa, pois conseguimos prender três pessoas em flagrantes, três pessoas em cumprimento de mandados de prisão, além de deter nove pessoas suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas. A operação Peregrino vai continuar em outros municípios do Estado”, disse Chicre Neto.

Presos – Francisco Aguiar Mauricio, 37, conhecido como “Chiquinho”, foi preso em cumprimento de mandado de prisão preventiva por lesão corporal. Jean Paulo Pizango Rodrigues, 18, e James Cley da Silva Rodrigues, 18, foram presos em cumprimento de mandados de prisão preventiva por lesão corporal e coação no curso do processo.
Irozildo Rocha Assis, 34, foi preso em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal de munição de uso restrito.  Já Jhon Freddy Hilário da Silva, 31, conhecido como “Palito”, e o colombiano Juan Carlos Saldanha Saldanha, 38, foram presos em flagrante por tráfico de drogas. Nove pessoas foram detidas por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas naquele município. Após serem ouvidos na delegacia, elas foram liberadas.

 Apreensões – Ao longo da operação “Peregrino”, em Tabatinga, foram apreendidas 84 trouxinhas de drogas, entre pasta-base de cocaína e maconha, oito porções médias de pasta base de cocaína, uma munição intacta de calibre 44, nove mil pesos colombiano e R$ 102 em espécie, ambos oriundos do tráfico de drogas na região, além de nove celulares e apetrechos para o tráfico de entorpecentes. Cinco motocicletas foram apreendidas para averiguação por possível restrição de roubo.

Ao término dos procedimentos cabíveis na delegacia, Francisco; Irozildo; Jean Paulo; James Cley; Jhon, e Juan Carlos serão levados para Unidade Prisional de Tabatinga.

Efetivo – Participaram da operação 35 policiais civis lotados no gabinetes dos delegado-geral e delegado-geral adjunto, Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv), integrantes do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera) e policia civis que atuam na DIP de Tabatinga. A operação contou com apoio de policiais militares que atuam naquele município.
 Visita de cortesia – O comandante do Departamento de Policia Amazonas, da cidade de Letícia na Colômbia, coronel Diego Alberto Lopez Guarin, e o jefe de la 4ª Macro Región Policial da região de Loreto, no Peru, general Herly William Rojas Liendo, estiveram na manhã desta quinta-feira (31/05) no DIP de Tabatinga realizando visita de cortesia com intuito de estreitar as parcerias policiais visando o combate à criminalidade na região da tríplice fronteira.

0 comentários:

Postar um comentário