quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Indígenas envolvidos com drogas são assistidos por programa de saúde mental



Por lei, é proibida a venda e o consumo de bebidas alcoólicas e outras drogas nas regiões próximas às comunidades indígenas do Alto Solimões. No entanto, as substâncias lícitas e ilícitas estão cada vez mais fazendo parte do cotidiano desses povos. O trabalho do Distrito Sanitário Especial Indígena – DISEI/ Alto Solimões, através do Programa de Saúde Mental, é óferecer tratamento para índigenas com algum transtorno mental e com efeito das drogas no organismo. Atualmente, o serviço atende cerca de 60 pessoas de aldeias localizadas próximas a Tabatinga.
 

0 comentários:

Postar um comentário