segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Ipaam faz balanço da campanha 'Diga não ao fogo' em 2016



A campanha “Diga não ao fogo - Você também é responsável”, promovida pela gerência de Educação Ambiental do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), beneficiou diretamente em torno 10 mil pessoas em 22 municípios, ao longo dos meses de junho e novembro deste ano. O alcance da campanha para multiplicadores foi de aproximadamente 30 mil pessoas.


A campanha liderada pelo Governo do Estado contou com apoio de vários órgãos, com objetivo alertar sobre os riscos de queimadas em municípios amazonenses, tanto na área urbana quanto na área rural. Por meio de ações educativas, palestras, reuniões, distribuição de folders educativos, visitas às feiras, comércios, instituições públicas e privadas e afixação de cartazes, a equipe de educação ambiental do Ipaam orientou o público das áreas beneficiárias a evitar queimadas urbanas e florestais devido aos riscos, problemas à saúde humana e impactos negativos no meio ambiente.

A equipe realizou a campanha educativa com a participação dos parceiros em 22 municípios: Itacoatiara, Urucurituba, Caapiranga, Iranduba/Cacau Pirêra, Autazes, Manaquiri, Careiro da Várzea, Careiro Castanho, Rio Preto da Eva, Novo Airão, Parintins, Nhamundá, Uarini, Coari, Alvarães, Tefé, Humaitá, Maués, Boa Vista do Ramos, Barreirinha, Presidente Figueiredo e Manicoré.

Resultados positivos - A diretora-presidente do Ipaam, Ana Aleixo, comemorou os resultados da campanha, uma vez que o Estado registrou apenas um episódio de fumaça provocada por queimadas ao longo do ano.

“O trabalho do comitê de combate às queimadas foi eficaz, na medida em quem quase não tivemos registros de fumaças na região metropolitana de Manaus. Este é um trabalho sério do Governo do Amazonas, que contou com apoio de diversos órgãos, como o Corpo de Bombeiros, Batalhão Ambiental, Sema e da própria fiscalização do Ipaam, que monitorava as regiões do Estado que mais precisavam do trabalho de educação ambiental”, ressaltou.

Alcance ampliado - Nos municípios, os veículos de comunicação, redes sociais e Voz da Comunidade colaboraram com a campanha, veiculando as mensagens orientadoras sobre os riscos da queimada.

“Beneficiamos cerca de 10 mil pessoas nestes municípios. Mas a campanha teve maior alcance, já que as pessoas levam aquelas mensagens para suas casas, através das palestras e materiais que distribuímos. Então tivemos uma resposta positiva do nosso trabalho”, ressaltou a gerente de Educação Ambiental do Ipaam, Therezinha Melo.

Manaus - A campanha foi realizada na Balsa da Marinha, com abordagem nos barcos a caminho de Parintins no mês de junho. Além de eventos na capital que contavam com a participação do Ipaam.  

Parceiros - As ações educativas fazem parte do Plano de Prevenção, Controle e Combate às Queimadas no Amazonas, do qual participam também Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Batalhão Ambiental da Polícia Militar, Batalhão de Incêndios Florestais, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil do Estado, secretarias municipais de meio ambiente, secretarias municipais de educação, Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Secretaria de Estado de Saúde (Susam) e Fundação de Vigilância em Saúde (FVS).

0 comentários:

Postar um comentário