domingo, 22 de janeiro de 2017

JAMBO VERDE - Em Atalaia do Norte devotos homenageiam São Sebastião


Entusiasmados com o com o tema deste ano: São Sebastião em defesa da Vida. Centenas de Devotos do Padroeiro de Atalaia do Norte, São Sebastião, compareceram a Igreja Matriz, onde participaram da Procissão em homenagem ao Santo padroeiro dos atalaienses. Também vieram devotos de Benjamin Constant, Tabatinga, e outras cidades da região da tríplice fronteira. A procissão em homenagem a São Sebastião percorreu as principais ruas da cidade de Atalaia do Norte. Devotos em caminhada agradeciam as graças recebidas, e renovavam seus pedidos para o novo ano que começou. Descalços, muitos fiéis entoavam ave-marias e padres nossos, num momento de renovação de fé e religiosidade.

A procissão finalizou na Igreja Matriz, que foi plenamente tomada por muitos devotos do Santo Padroeiro. O Pároco Padre Octavian Gomos, continuou a celebração, onde entoavam cânticos de louvor. Além de agradecer a participação e a colaboração de todos para realização dos Festejos.

São Sebastião, soldado romano e cristão
São Sebastião nasceu na cidade de Narbona, na França, em 256 d.C. Seu nome de origem grega, Sebastós, significa divino, venerável. Ainda pequeno, sua família mudou-se para Milão, na Itália, onde ele cresceu e estudou. Sebastião optou por seguir a carreira militar de seu pai.
No exército romano, chegou a ser Capitão da 1ª da guarda pretoriana. Esse cargo só era ocupado por pessoas ilustres, dignas e corretas. Sebastião era muito dedicado à carreira, tendo o reconhecimento dos amigos e até mesmo do imperador romano, Maximiano. Na época, o império romano era governado por Diocleciano, no oriente, e por Maximiano, no ocidente. Maximiano não sabia que Sebastião era cristão. Não sabia também que Sebastião,  sem deixar de cumprir seus deveres militares, não participava dos martírios nem das manifestações de idolatria dos romanos.
Por isso, São Sebastião é conhecido por ter servido a dois exércitos: o de Roma e o de Cristo. Sempre que conseguia uma oportunidade, visitava os cristãos presos, levava uma ajuda aos que estavam doentes e aos que precisavam.

0 comentários:

Postar um comentário